Inauguração da exposição "Em Relação à Linha" de Maria Lino e apresentação do Projecto Pontes

Ocorreu ontem a inauguração da exposição "Em Relação à Linha" de Maria Lino no Cine-Teatro Gardunha no Fundão. Esta vai estar aberta ao público até 28 de Fevereiro de 2016. Segui-se a apresentação do Projecto Pontes e No País do Cinema e deu-se início ao programa "Projectos em Tutoria" de Flávio Delgado e Ana Rodrigues.

Em relação à linha | Maria Lino | Casino Fundanense | Fundão
Horário:
Segunda a Sexta: 12h00 - 14h30 | 16h00 - 19h00

Em relação à linha..., de Maria Lino
“Em primeiro lugar, nada nasce a partir do que não existe. De outro modo, tudo nasceria de tudo, sem ter necessidade de sementes. E, se o que se dissolve desaparecesse no não‐ser, todas as coisas terminariam, não existindo isso no qual se dissolveram. “
(Epicuro, “Cartas, Máximas e Sentenças” pag. 66. 39)
O projeto Tutorias nasce a partir da vontade de conciliar artistas emergentes e artistas consagrados, aprendendo uns com os outros.
Em 2010 conheci a Maria, foi a partir de uma oficina de desenho que ouvi pela primeira vez as suas “preocupações”, em relação à linha e a importância que tinha o pensamento antes de pousar o pincel no suporte. Onde começa e acaba a linha está definido antes de começar. Há à partida uma atenção diferente no olhar. Um olhar atento à forma. O desenho acontece sempre com o modelo seja ele a figura humana, animais, a paisagem, entre outros elementos que a Maria regista nas suas folhas de papel. Sem o referente ou modelo, o desenho não respeita a verdadeira aura do que esta a ser representado.
Foi a partir deste olhar atento à forma que comecei a desenvolver o meu trabalho.
Comecei por desenhar as Serras, as suas formas, delimitadas por duas massas, a terra e o céu. A fronteira entre estas massas era representada nos cadernos. Muitas vezes o olhar não saía do referente, só caia sobre o suporte quando o desenho estava acabado.
Com isto quero deixar a ideia que anteriormente está apresentada, que nada nasce a partir do que não existe, o trabalho artístico nasce a partir do momento em que existe o olhar atento.
Flávio Delgado
* Seleção das obras por Flávio Delgado


































Organização e Produção: Luzlinar | Projecto Pontes | Municípios do Fundão e Trancoso
A Associação Luzlinar é um estrutura apoiada pela Direcção Geral das Artes / Ministério da Cultura.

Sem comentários:

Publicar um comentário